Feliz Dia da Morsa

De Club Penguin Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Feliz Dia da Morsa
We Wish You a Merry Walrus (E.U.A e R.U)
Bem-Vindos Ao Natal Da Morsa (Portugal)
Merry Walrus iTunes.png
Informações
Dirigido por Tobias Fouracre
Produtor criativo Matt Danner
Escrito por Martin Olson
Christopher Painter
Empresa responsável Factory
Canal Disney Channel
Disney Junior
Datas de lançamento Televisão

17 de dezembro de 2014
(Reino Unido)
20 de dezembro de 2014 (Alemanha e Portugal)
23 de dezembro de 2014 (Espanha e França)
24 de dezembro de 2014
(América Central, Brasil, Caribe, Colômbia, EUA, México e Venezuela)
25 de dezembro de 2014 (Argentina, Chile e Peru)

iTunes

18 de dezembro de 2014
(Canadá e EUA)


Blog Novidades

24 de dezembro de 2015
(Em inglês, português, espanhol e francês)

Duração 22 minutos

Feliz Dia da Morsa (We Wish You a Merry Walrus nos Estados Unidos e Reino Unido e Bem-Vindos Ao Natal Da Morsa em Portugal) é um programa especial de Natal produzido pela Factory™[1]. A trama acompanha um pinguim navegador chamado Roofhowse que, em uma de suas aventuras, acaba chegando à Ilha Club Penguin durante a Festa da Morsa Feliz. O programa possui 22 minutos de duração e foi lançado oficialmente em 17 de dezembro às 6h30 no canal Disney Channel do Reino Unido. O diretor responsável era Tobias Fouracre, o produtor criativo era Matt Danner e a composição do enredo era de Martin Olson e Christopher Painter. Além do inglês, o programa de TV foi traduzido para o francês, alemão, espanhol, português e holandês.[2] É sucedido pelo curta Club Penguin: Monstruosa Festa na Praia.

História[editar]

Em 20 de novembro de 2014, foram revelados na internet a primeira imagem e um enredo simples do programa de TV. Em 24 de novembro, o website da Factory revelou algumas informações acerca do programa, a Festa da Morsa Feliz e também duas imagens de produção do programa. Em 3 de dezembro, o primeiro vídeo dos bastidores do programa foi publicado no canal do Club Penguin no Youtube e a divulgação foi feita também no Blog Novidades.[3] Em 9 de dezembro, a segunda parte dos bastidores foi publicada, falando um pouco mais sobre o estilo da animação, o stop-motion.[4]

Em 15 de dezembro, o trailer final do programa foi divulgado.[5] Um dia depois, 16 de dezembro, o Club Penguin adicionar alguns planos de fundo em seu website. Em 17 de dezembro, um vídeo apresentado a personagem Jangrah foi publicado na página do Club Penguin no Facebook.[6]

Sinopse oficial[editar]

Ambientada em Merry Walrus Eve, a história acompanha um pinguim velejante chamado Roofhowse que chega à ilha Club Penguin durante uma época de celebrações. Seguindo um puffle mágico de cristal azul, Roofhowse e seus amigos dão início a uma jornada para a lendária ilha Merry Walrus a fim de salvar a Morsa Feliz, que fora capturada pelo Herbert. Eles aprendem que têm de se unirem para evitar que sua celebração favorita seja interrompida para sempre.

Enredo[editar]

Spoilers: detalhes da trama/final a seguir. Clique em "Expandir" para ver os spoilers.

Parte 1[editar]

O capitão Rockhopper está navegando os sete mares com o seu puffle Yarr no Migrator. Ele olha em direção à câmera, rompendo a "quarta parede", e diz que o espectador perdeu alguns eventos que haviam ocorrido. Rockhopper diz que tem uma cópia em vídeo na internet para o espectador assistir; e, desse modo, ele mostra um dispositivo móvel. Enquanto a câmera foca na tela do aparelho, a história começa.

O cenário é deslocado para a Ilha Club Penguin durante a véspera do Dia da Morsa Feliz, período no qual os pinguins são vistos preparando-se para o feriado anual e tão esperado, cantando Tenha um Feliz Dia da Morsa. Nesse ínterim, Herbert P. Bear, vestido em trajes de navegante, testemunha do seu submarino a decoração costumeira da época do ano e diz ao seu cúmplice, Klutzy, que ele planeja arruinar o feriado de todo mundo.

Feliz Dia da Morsa 1.png

Mais tarde, Roofhowse, um pinguim recém-chegado à ilha, consegue arranjar um lugar para viver, mas mal consegue arrumar seu iglu. Dois pinguins chamados Blizzard e Sydmull chegam e jogam uma bola de futebol americano para Roofhowse, que falha em agarrá-la. Devido a isso, eles o apelidam de Fumbles. Os dois mostram a Roofhowse seu iglu, onde no topo fica uma árvore tão brilhante que é preciso óculos de sol para olhá-la. Impressionado, Roofhowse mostra a eles o seu iglu que, quando aceso, pega fogo e derrete quase tudo. Jangrah, presidente da Associação de Donos de Iglus, aparece e conta a todos sobre a peça da Morsa Feliz em cartaz, que é de sua autoria. Blizzard é encarregado de interpretar a Morsa Feliz com a permissão de Sydmull, que se revela ser o "advogado" dele. Em seguida, Jangrah dá as boas-vindas a Roofhowse, deixando para ele um cesto de frutas. Ela explica que, no Club Penguin, todo mundo é amigo um do outro. Após todo mundo ter ido embora, uma amiga deles, Lorna, aparece em frente a Roofhowse e fala sobre a profecia de que um estranho salvaria o Dia da Morsa Feliz do desaparecimento. Ela também conta a ele que teve um sonho com waffles, depois vai embora. Com isso, a cesta de frutas de Roofhowse pega fogo e ele fica decepcionado.

Feliz Dia da Morsa 2.png

A peça de Jangrah está prestes a começar. A apresentação começa com a narrativa de Lorna, mas algumas coisas dão errado: Blizzard esquece suas falas, e Sydmull descuida-se com os efeitos de cenário, como a aparição das pelúcias de puffles de cristal azuis, a fim de completar um modelo do trato digestório. O grupo consegue um monte de moedas pela sua apresentação. Enquanto isso, Roofhowse tenta abandonar a ilha, acreditando que ele não pertence a essa vida dentro de iglus. Um Puffle de Cristal Azul aparece do céu e põe-se à frente de Roofhowse. Ele acaba tropeçando em sua mochila e os dois saem rolando montanha abaixo em uma grande bola de neve, que arrebenta justamente no local onde a peça estava acontecendo. Roofhowse apresenta a seus novos amigos o puffle mítico, e Lorna traduz seus ruídos, declarando que a Morsa Feliz precisa da ajuda deles. Todos eles seguem o puffle até a costa da Praia, mas se perguntam como continuar a segui-lo através de além-mar. Roofhowse usa seu barco para navegar e Rockhopper chega com o Migrator, deixando o restante subir a bordo. Eles alcançam Roofhowse no caminho e Rockhopper diz aos cinco que eles precisam ir até a Ilha da Morsa Feliz, a casa da Morsa Feliz. Seguindo o Puffle de Cristal Azul, eles alcançam a entrada para a ilha, que é vedada por uma "cortina de cristal", usada para bloquear o acesso de invasores. Eles conseguem, afinal, ultrapassá-la e avistam um Palácio de Gelo.

Após aberta a porta para o palácio de gelo da Morsa Feliz, eles reconhecem uma figura familiar: Herbert, disfarçado de Morsa Feliz. Então, Klutzy corta uma corda que faz cair uma grande rede sobre o grupo de pinguins.

Parte 2[editar]

Feliz Dia da Morsa 3.png

O grupo de pinguins amarrados fica diante de Herbert, que agora tem uma audiência cativa para explicar o seu plano maligno, já que o pobre Klutzy já o tinha ouvido 20 vezes. Enquanto uma tela desce, o controle remoto parece emperrar e Sydmull ajuda Herbert a consertá-lo. O urso polar começa a explicar seu plano, que consiste em capturar os puffles de cristal azuis, romper a "cortina de cristal" os usando, aprisionar a Morsa Feliz e, por fim, se fingir passar pela Morsa e jogar um monte de presentes sobre a ilha, que criarão uma redoma de gelo à prova de som (o Globo da Neve do Silêncio) sobre a multidão pinguim.

Enquanto Herbert alega que seu plano trará a sua almejada paz e silêncio, o grupo está mais interessado na subida de nível de Sydmull em seu videogame. Então, Herbert ativa uma de suas máquinas, que leva Jangrah e a envolve como um presente. Depois, ele pega duas estalactites (para simular as presas da morsa) e parte com o trenó, deixando os seis pinguins a serem embalados pela máquina. Quando Rockhopper e Roofhowse estão prestes a serem embalados, o Puffle de Cristal Azul que eles tinham encontrado tenta ajudá-los a escpar, mas acaba deixando a máquina ainda mais confusa. O puffle só consegue parar a máquina quando aciona o controle que a desligava, bem a tempo de evitar que as tesouras cortassem as cordas de Rockhopper e começassem a embalá-lo.

Ao mesmo tempo que Rockhopper e Roofhowse libertam os outros pinguins, o grupo descobre que um dos presentes está se movendo e, quando eles o abrem, encontram ninguém menos que a Morsa Feliz. Ela fica alegre em encontrar Enrique, o Puffle de Cristal Azul que tinha ajudado o grupo e era parte do time trenó de seis puffles da Morsa. Lorna diz que eles ainda precisam parar Herbert, e Jangrah comenta que eles poderiam subir a bordo no Migrator. Infelizmente, o navio é muito devagar e a única maneira de alcançar Herbert a tempo seria usar um outro trenó. Felizmente, a Morsa Feliz o tem, de modo que Roofhowse e os outros embarcam nele e vão à busca de Herbert, como Rockhopper havia dito desde o principio.

Feliz Dia da Morsa 4.png

O cenário muda para a Ilha Club Penguin, onde Cadence está comemorando a Festa da Morsa Feliz. Quando a festa começa, eles percebem o trenó de Herbert se aproximando. Enquanto Klutzy assume o controle do trenó, Herbert começa a jogar os presentes na ilha, um deles caindo bem em cima do bolo da Morsa Feliz (que havia levado 2 semanas para ser feito). No mesmo momento em que Herbert prepara-se para jogar o último presente, o grupo de pinguins aparece, só para perceber que o presente já estava caindo. O grupo forma uma corrente pinguim e Roofhowse consegue pegar o presente, mas ele quase o deixa cair. Os outros tentam trazer Roofhowse para dentro do trenó, mas Herbert pula para o trenó deles. Dizendo que ninguém o pararia, a Morsa Feliz lhe dá um presente e um leve empurrão, o que faz Herbert cair do Trenó em queda livre. O urso aterrissa bem no centro do anel de presentes. Enquanto isso, Roofhowse acidentalmente deixar cair o presente final, o que faz com que o Globo da Neve do Silêncio seja ativado, prendendo Herbert dentro dele.

Enquanto o grupo de pinguins comemoram o sucesso, eles começam a entregar os presentes por toda a ilha. À medida que Cadence toca a música Puffle Shuffle, Herbert é visto dentro da redoma de gelo, clamando por paz e silêncio; isso não dura muito tempo. Herbert lembra-se do presente que a Morsa Feliz havia lhe dado e, para a sua surpresa, era um par de protetores de ouvido à prova de som. A cena muda para Roofhowse, que agradece Enrique e lhe dá um chapéu de pirata como prova de agradecimento. Rockhopper aparece com um balde de moedas em mãos, as quais ele doará para o Coins for Change (já que suas moedas o faziam lembrar que ele teria que pagar impostos se guardasse o dinheiro). Ele convida Roofhowse a se juntar a ele como pirata, mas ele recusa, alegando que seus novos amigos representam uma nova e grande aventura. Isso alegra Rockhopper, já que ele havia vendido o barco de Roofhowse por algumas moedas. Isso não afeta o heroi, já que ele se junta a seus amigos na pista de dança. Lorna relembra Roofhowse de que a profecia foi cumprida.

De volta ao presente, Rockhopper, que acabou de contar a história, relembra o espectador de que há uma lição a ser aprendida, mas ele rapidamente se corrige dizendo que lições são para fracotes. A Morsa Feliz é vista, então, no Cesto da Gávea, e o Migrator, sendo puxado por Puffles de Cristal Azuis, decola e voa em direção à tela.

Spoilers terminam aqui.


Elenco de voz[editar]

Fábio Lucindo, dublador brasileiro de Sydmull.
Dee Bradley Baker, responsável pela voz dos puffles.
Personagem BandeiraEstadosUnidos.png EUA BandeiraBrasil.PNG Brasil BandeiraPortugal.PNG Portugal
Capitão Rockhopper Fred Tatasciore Tatá Guarnieri
Herbert P. Bear Dave B. Mitchell Guilherme Lopes
Roofhowse James Arnold Taylor Yuri Chesman
Blizzard Mikey Kelley Vagner Fagundes
Sydmull Jason Marsden Fábio Lucindo
Jangrah Catherine Taber Samira Fernandes
Cadence Kate Kelly
Lorna Cristina Pucelli Flora Paulita
Yarr
Dee Bradley Baker
Enrique
Puffles
Morsa Feliz Brian Cummings Antônio Moreno
Pinguins do Bolo Matt Danner

Direção de Dublagem (Brasil): Rodrigo Andreatto

Direção Musical (Brasil): Miranda Valverde

Dublagem nos Estúdios (Brasil): TV Group - São Paulo

Galeria[editar]

Bastidores[editar]

Anúncios[editar]

Cenas do filme[editar]

Personagens[editar]

Outros[editar]

Vídeos[editar]

Bem-Vindos ao Natal da Morsa em Português (Portugal)[editar]

Outros[editar]

Links externos[editar]

Referências[editar]