Festa dos Puffles 2012

De Club Penguin Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Geral



Festa dos Puffles 2012
LogoFestadosPuffles2012.png

O logo da festa.
Informações
Assinantes apenas? Não
Quando 15 de março - 28 de março de 2012
Item(ns) Grátis Chapéu Viva os Puffles, Chapéu Gigante do Dia de São Patrício, Mini Chapéu Viva os Puffles, Plano de Fundo Puffle Vencedor, Plano de Fundo da TP
Catálogo Nenhum
Pinguim (ns) Famosos Treinadora de Puffles
Onde Ilha do Club Penguin
Cabotagem do Rockhopper
Festa de 1º de Abril 2012


A Festa dos Puffles 2012 foi a quarta edição das Festas dos Puffles que aconteceu na Ilha Club Penguin. Ela aconteceu entre os dias 15 e 28 de março de 2012 e trouxe grande renovações. Nesta festa ocorreu a estreia da personagem Treinadora de Puffles, também conhecida simplesmente como TP. No evento, os assinantes podiam se transformar em puffles e se divertir na Pufflelândia, local onde geralmente havia aparições da TP. Também era possível comprar as Fantasias de Puffles.

Todos os pinguins podiam pegar o Chapéu Viva os Puffles e também o Mini Chapéu Viva os Puffles gratuitamente, sendo este último o primeiro chapéu de puffle a ser disponibilizado para todos pinguins sem que fosse preciso desbloqueá-lo com um código de moeda.

Na Casinha da Mina houve um pequeno cenário que lembrava as Festas do Dia de São Patrício. Lá, todos os pinguins podiam adquirir em seus inventários o Chapéu Gigante do Dia de São Patrício.

Itens grátis[editar]

Havia 5 itens grátis disponíveis durante essa festa.

Curiosidades[editar]

  • As outras três edições do evento, que ocorreram em 2009, 2010 e 2011, tinham acontecido no mês de fevereiro. Já em 2012, ela ocorreu em março.
  • Durante o evento ocorreram as primeiras aparições da Treinadora de Puffles. Ela estava distribuindo seu primeiro autógrafo, o Plano de Fundo da TP.
  • Nas Festas dos Puffles, cada espécie de puffle possui uma sala dedicada para ele, chamadas domínios. Nessa festa, o domínio do Puffle Branco não foi a Mina como de costume, mas sim a Montanha.
  • Alguns balões de determinadas salas poderiam mudar de cor dependendo de qual espécie de puffle o pinguim estivesse levando para passear.
  • Não houve nenhuma espécie de puffle nova durante o evento.
  • Essa foi a primeira vez que os assinantes puderam sofrer alguma transformação, neste caso, poderiam virar puffles.
  • Mesmo não sendo uma das Festas do Dia de São Patrício, a Casinha da Mina foi decorada com trevos, arco-íris e balões verdes. Também havia o Chapéu Gigante do Dia de São Patrício que estava disponível a todos os pinguins.

Vídeos[editar]